Johannes Janzen


  S E G U N D A - F E I R A ,   4   D E   A B R I L   D E   2 0 1 6




Por Victor Reppert

1. Se Jesus não ressuscitou, algo diferente aconteceu. Portanto, alguma história pode ser contada e que explica de uma forma natural os fatos conhecidos.

2. As explicações naturalistas mais populares são a teoria do desmaio, a teoria da alucinação, a teoria do roubo, e a teoria do túmulo errado.

3. A teoria do desmaio não é plausível. Jesus suportou seis julgamentos, foi açoitado, recebeu uma coroa de espinhos, foi crucificado e sepultado. Em seguida, Ele suportou três dias no túmulo sem cuidados médicos, empurrou uma enorme pedra da frente do túmulo, deu uma voadora na guarda romana inteira, caminhou com os pés perfurados para saudar seus discípulos. Isso seria um milagre maior que a própria ressurreição.

4. A teoria da alucinação também não é plausível. Alucinações em grupo usualmente não acontecem. Se três pessoas alucinam, elas experimentam coisas diferentes. Além disso, alucinações não transformam vidas. Isto é, uma alucinação não iria transformar Pedro de um covarde em um corajoso.

5. A teoria do corpo roubado também não é plausível. Se os discípulos roubaram o corpo para promover a causa de Cristo, teriam de enfrentar as pessoas que estavam atrás do Cristo crucificado. Não estava nos planos dos discípulos uma carreira de sucesso na televisão, mas a mesma cruz na qual Jesus morreu. Finalmente, nem os romanos nem os líderes judeus tinham razões para roubarem o corpo de Jesus.

6. A teoria túmulo errado também não é plausível. Será que qualquer pessoa razoável se esqueceria da localização da sepultura de um ente querido em apenas 72 horas?

7. Portanto, não há teorias naturalistas plausíveis sobre o que aconteceu com Jesus.

8. Portanto, a única alternativa é que Ele foi ressuscitado.


  Palavras-chave: Jesus Cristo, ressurreição, milagre

Enviado por: Johannes Janzen  |  2155 views   

   Postagens relacionadas


   Deixe aqui seu comentário

Nome *:
E-mail *:
  (não será publicado)
Título:
Texto *:
Texto da Imagem *:
  (sem espaços)
 

   Comentários (3)

Pequeno texto, grandes confusoes.
No item 1, o texto afirma que o que aconteceu pode ser contado de foma natural .
Porem no item 7 , o texto afirma que nao ha teoria naturalista plausivel para explicar o que aconteceu.
Como o que aconteceu pode ser explicado de maneira natural, se nao ha teoria naturalista plausivel para explicar o que aconteceu ?
Como o texto pode afirmar que ha uma explicacao natural para o que aconteceu, se o texto refuta todas teorias naturais, como desmaio, alucinacao etc....
No item 8 o texto conclui que a unica alternativa é a ressurreicao, porem o texto nao explica se ressurreicao é uma hipotese naturalista ou nao naturalista. .
O texto nao explica o que é ressurreicao no aspecto naturalista e o que é ressurreicao fora do conceito naturalista.
Com a palavra o autor da pagina ou os excelentissimos leitores.


Enviado por: j mathias  |  Data: Ter, 21/02/2017 às 20h25   

Jesus nao ressucitou
A teoria mais plauxivel é que Jesus nao ressucitou , pois ninguem ressucita.
O proprio texto afirma, teoria, isto é, ninguem tem certeza do que aconteceu7. Teoria do desmaio, do tumulo errado, etc... não sao plausiveis, porem o fato delas nao serem plausiveis nao torna a teoria da ressurreicao mais ou menos plausivel, pois se sustenta no acontecimento de muitos outros fatos, que tambem sao duvidosos. Por exemplo: para haver ressurreicao deveria ter havido crucificação porem nada prova que a crucificação existiu, como tambem nao se prova a traicao de judas, julgamento perante Poncio pilatos etc....

Enviado por: j mathias  |  Data: Ter, 21/02/2017 às 15h09   

Amem e ele está vivo aqui RAFAEL MARCOS GARCIA
Amem e ele está vivo aqui RAFAEL MARCOS GARCIA

Enviado por: RAFAEL MARCOS GARCIA  |  Data: Qua, 15/06/2016 às 09h43   




   Pesquisar

   Arquivo

   Sobre mim
   Johannes G. Janzen é professor de engenharia na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Possui doutorado em Hidráulica e Saneamento pela Universidade de São Paulo com período sanduíche na Universidade de Karlsruhe, Alemanha. Tem experiência na área de Engenharia Civil e Ambiental com ênfase em Fenômenos de transporte e Hidráulica.

   Postagens mais recentes

   Postagens mais vistas

   Comentários recentes

   Palavras-chave

   Twitter

   Facebook

O conteúdo deste website, salvo indicações, é de uso exclusivo da
Sociedade Origem e Destino - Copyright © 2011